No
dia 04 de Janeiro de 2020, dentro da Eucaristia da Solenidade da Epifania,
presidida por D. Antonino Dias, na Sé de Portalegre, foram instituídos no
ministério de Leitor Alfredo Bernardo Couto Serra (Proença-a-Nova), e no
ministério dos Acólitos Américo António Moura Pereira (Rossio ao Sul do Tejo),
Jaime Susana de Matos (Queixoperra / Penhascoso), João Paulo Galvão Cabrita
(Abrantes). Até agora, entre nós, só foram instituídos nestes ministérios
laicais homens casados e em ordem à Ordenação de Diáconos Permanentes. Todos estes
se preparam para esta Ordenação. O novo Leitor iniciou a sua formação em
2019/20 e continua, e os novos Acólitos, em 2016/17/18/19.

Na
homilia, D. Antonino explicou o sentido desta instituição nos ministérios de
Leitor e de Acólito, convidou os Instituendos ao discernimento, à formação
continuada e à vivência espiritual de cristãos; explicou alguns critérios de
admissão ao Diaconado Permanente; manifestou o desejo de os ordenar Diáconos,
proximamente. Serão os primeiros a ser por ele ordenados. No momento próprio, o
Senhor Bispo procedeu à instituição, entregando ao leitor o livro da Bíblia e a
cada Acólito a Píxide com as hóstias que seriam consagradas na Eucaristia. Ao
primeiro disse as palavras rituais: “Recebe o livro da Sagrada Escritura e
anuncia fielmente a Palavra de Deus, para que ela seja cada vez mais viva no
coração dos homens.” E a cada Acólito: “Recebe este vaso com o pão para a
celebração da Eucaristia e vive de tal modo que possas servir dignamente a mesa
do Senhor e a Igreja.”

Os
Responsáveis pela sua formação, Cón. Bonifácio Bernardo e Cón. Emanuel Silva,
os familiares dos novos ministros instituídos, nomeadamente as suas esposas e
filhos, os seus párocos (Pe. Luis Manuel Bairrada, Pe. Adelino Cardoso, Pe.
Amândio Mateus e Pe. António Castanheira), fiéis das Comunidades paroquiais que
eles têm servido e amigos, bem como fiéis de Portalegre, acompanharam-nos nesta
Celebração, que se insere na sua caminhada de formação, discernimento
vocacional e de ainda maior compromisso ao serviço da Igreja diocesana.
Marcaram também presença os Diáconos Permanentes Francisco Alves, Vitor
Cordeiro, José Luís Bacharel, Agostinho Janela.


Nuno Miguel Barradas Tavares Folgado

Partilhar:
Comments are closed.